5 maneiras de saber se você é uma mãe helicóptero.

As hélices de um helicóptero causa uma explosão terrível de vento que não é muito agradável.

Agora imagine ter esse tipo de presença vigorosa sobre você o tempo todo. É assim que os nossos filhos se sentem quando ficamos presos no modo de maternidade helicóptero. Será que você está sendo uma mãe helicóptero? Não tem certeza se você está sendo um?

Aqui estão 5 maneiras de descobrir se você é uma mãe helicóptero.

1. Você fica em torno do seu filho.

Um pai de helicóptero fica bem em cima de seu filho e permanece lá. Ela dá instruções, tira dúvidas, e se manifesta no primeiro sinal de angústia. As mães helicóptero são especialistas em planar sobre os filhos o tempo todo. Os pais não-helicópteros entram e saem do espaço de aprendizagem e do espaço pessoal de seus filhos; eles não pairam e ficam em cima dos filhos o tempo todo.

Para quebrar o hábito de pairar em cima dos filhos, dê um passo para trás. Deixe o seu filho navegar no seu próprio caminho na tomada de decisões e descobrir as coisas . Tente ser um pai do farol – brilhe sua luz de influência, para que seu filho possa avaliar completamente os prós e contras de suas escolhas. Deixe-o ter o sentimento de realização que vem em ser bem sucedido por sua própria conta.

 

2. Seu filho está sufocado.

Se você entrou no modo helicóptero, seu filho pode sentir que ele tem que fazer tudo corretamente, ou então você entrará e assumirá o controle. Seu filho não tem a chance de desenvolver suas próprias idéias, gostos ou personalidade, porque você sempre está dirigindo e influenciando as escolhas que ele faz.

Então, se você costuma dizer alguma versão de “Experimente dessa maneira. Eu tenho uma idéia para você tentar. “Ou,” eu vou te colocar na aula de __________. “Ouça mais e fale menos em vez disso. E quando seu filho expressa sua própria vontade ou abordagem, deixe-o desenvolver. Deixe-o fazer suas escolhas e aprender as lições e desenvolver a independência que o fracasso pode trazer.

 

3. Você está tenso.

Se não tivermos cuidado, uma boa maternidade pode se transformar em um super maternidade. Sim, queremos manter nossos filhos seguros, mas tratar todos os dias e todas as experiências, como se fosse um campo minado, nos coloca no limite. E se nós estivermos no limite, nossos filhos também estarão. Com isso, nossos filhos podem tornar-se temerosos e tensos.

Tente relaxar um pouco em relação ao seu filho, em geral. Se ele cair do escorregador, de uma altura relativamente baixa, está tudo bem. Muita vigilância tira a alegria dos pais. E de sentirmos que nossa vigilância pode proteger nossos filhos, não podemos protegê-los de todos os perigos.

 

4. Você vive a vida do seu filho.

Se você está dizendo: “Nós temos um exame de ciências nesta semana. Como vamos nos preparar para o seu jogo no sábado? Quais são alguns dos passos que podemos tomar para trabalhar nas horas de serviço? “Você provavelmente não está apenas encurralado no cockpit do seu helicóptero, você está em pleno vôo.

O mantra de uma  mãe não- helicóptero é, deixe seu filho seguir seu caminho. Você pode guiar seu filho, é claro, mas deixe-a ser o criador de sua própria vida. Mesmo quando seu filho é pequeno, observe sua gravitação em direção a seus próprios interesses e então você pode ajudá-lo a se desenvolver. Você pode até apresentar uma variedade de opções para o seu filho, mas faça isso de forma orgânica.

Seu filho se beneficiará de escolher seu próprio caminho e aprender com seus próprios erros. E enquanto esses erros não tiverem grandes consequências, que eles aconteçam. É claro que haverá momentos que você precisará intervir . Por exemplo, meu sobrinho adolescente muito maduro estava no processo de inscrição da faculdade. Seus pais deixaram ele assumir a liderança, mas quando viram que sua maturidade não era tão adequada a esse tipo de desafio, e eles entenderam as consequências de longo prazo se ele não tomassem a iniciativa de resolver a questão.

 

5. Seu filho não está amadurecendo.

À medida que nossos filhos crescem, seu mundo deve expandir com mais liberdade e mais escolhas. Se você ainda tem o mesmo nível de envolvimento na vida do seu filho agora, quanto tinha há um ano atrás, você está cortando o processo de crescimento do seu filho. As crianças aprendem por ser ensinadas, mas também aprendem por fazer as coisas por conta própria, trazendo essas lições para a vida no mundo real.

De que maneira você está sendo uma mãe de helicóptero? Com que parte desse artigo você se identificou?

Fonte: http://www.imom.com/

Traduzido por Claudia Rezende

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *