O Que é Venda Direta

Alguns leitores me perguntam “O que é Venda Direta”, então vou compartilhar um artigo super esclarecedor publicado pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD),  que é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1980 com o objetivo de promover e desenvolver a venda direta no Brasil.

Segue o artigo:

Venda Direta:

A venda direta é um sistema de comercialização de bens de consumo e serviços baseado no contato pessoal entre vendedores e compradores, fora de um estabelecimento comercial fixo.

No Brasil esse mercado conta com mais de 4,5 milhões de pessoas em sua força de vendas, gera cerca de 8 mil empregos diretos e atingiu, em 2013, US$ 14,6 bilhões em volume de negócios. O país ocupa a quarta posição no ranking da World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA), atrás apenas dos Estados Unidos, Japão e China.

O sistema de venda direta oferece vantagens para todos os envolvidos:

  • Para os revendedores: é uma ótima fonte alternativa de renda, aberta a qualquer pessoa, independentemente de sexo, idade, escolaridade ou experiência anterior. Os revendedores também têm o benefício de trabalhar em horários flexíveis, ganhar conforme a dedicação e se desenvolver pessoal e profissionalmente;
  • Para as empresas: a venda direta envolve os mais diversos setores da economia – de cosméticos e produtos de limpeza a recipientes plásticos para alimentos e suplementos nutricionais.  E uma das grandes vantagens para as empresas é o potencial de expandir o alcance geográfico de seus produtos;
  • Para o consumidor: a venda direta representa um atendimento personalizado que não existe no varejo tradicional;
  • Para a sociedade: é uma forma de contribuir para minimizar o problema do desemprego, além da oportunidade de complementação da renda familiar, gerando mais riqueza para o país.

As modalidades mais praticadas de venda direta são:

  • “Door to door” ou porta-a-porta: o revendedor vai até a residência ou local de trabalho do consumidor para demonstrar e vender os produtos;
  • Catálogo: o revendedor deixa o catálogo ou folheto na residência do consumidor e depois passa para retirar o pedido;
  • Party plan: o revendedor promove um chá na casa de uma consumidora para ela e suas amigas, em que demonstra e revende os produtos.

Os revendedores podem lucrar de duas maneiras:

  •  Sistema mononível: o revendedor compra o produto e o revende com uma margem de lucro média de 30%;
  • Sistema multinível: além da margem de lucro, o revendedor que indicar outros revendedores também ganha uma porcentagem em cima dessas vendas. Nesse sistema, os ganhos são proporcionais ao esforço empregado.

Saiba mais sobre a venda direta no vídeo abaixo:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *